TIE-Brasil
19/11/2017
Cadastre-se | Esqueci a senha!
Nome: Senha:

Notícias(Maio/2013)

(clique para ver todas)

Folha de São Paulo muda conteúdo de artigo sobre José Ibrahim
Em 02 de maio havia lido o texto online da Folha de São Paulo onde aparecia a frase "Ele chegou a ficar preso no DOPS (Departamento de Ordem e Política Social), onde afirmava ter sido torturado".

Infelizmente não me ocorreu naquele momento fazer um screenshot do artigo...

Após publicar a nota de repúdio dos trabalhadores e suas centrais sindicais (abaixo), acessei novamente o artigo online e verifiquei que o texto estava alterado para "Ele chegou a ficar preso no DOPS (Departamento de Ordem e Política Social), onde foi torturado por vários dias."

Elogiável a correção feita pelo periódico, porém em nenhum lugar se menciona a errata e sua correção, passando a sensação de que o texto sempre foi aquele qua agora está publicado.

Mesmo quando acerta o PiG erra! Triste realidade!

Para acessar o artigo CORRIGIDO pela Folha de São Paulo clique no link: http://www1.folha.uol.com.br/poder/2013/05/1272429-sindicalista-jose-ibrahim-morre-aos-66-anos-em-sao-paulo.shtml

Enviada por Sergio Bertoni, às 20:33 08/05/2013, de Curitiba, PR


Folha de S. Paulo duvida das torturas. Trabalhadores defendem Ibrahim e sua memória.
O Grupo de Trabalho Ditadura e Repressão aos Trabalhadores e ao Movimento Sindical, integrado por representantes das Centrais Sindicais CGTB, Conlutas, CTB, CUT, Força Sindical, Intersindical, Nova Central e UGT, vem repudiar notícia publicada pela Folha de São Paulo, no dia 02 de maio de 2013, onde referindo-se à biografia do líder sindical morto José Ibrahim, dizia que o mesmo afirmava ter sido torturado, colocando em dúvida a ocorrência de tortura.

Além de sabermos que a tortura era prática corrente na época, particularmente no DOPS/SP, há muitos testemunhos sobre a violência imposta a José Ibrahim.

O mais recente depoimento foi feito pelo Deputado Estadual do Rio de Janeiro Eduardo Chuahy, no dia 04 de maio de 2013, em audiência pública na ABI no Rio de Janeiro. Ali, o Deputado Chuahy afirmou que esteve preso com José Ibrahim e o viu ensanguentado em sua cela, todas as noites durante um mês.

Rosa Cardoso – Coordenadora do Grupo de Trabalho Ditadura e Repressão aos Trabalhadores e ao Movimento Sindical

Comissão Rubens Paiva

Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil

Central Geral dos Trabalhadores do Brasil

CSP - Conlutas

Central Única dos Trabalhadores

Intersindical

Força Sindical

Nova Central Sindical de Trabalhadores

União Geral dos Trabalhadores

Para acessar o artigo da Folha de São Paulo clique no link: http://www1.folha.uol.com.br/poder/2013/05/1272429-sindicalista-jose-ibrahim-morre-aos-66-anos-em-sao-paulo.shtml
Enviada por Projeto Memória OSM-SP/IIEP, às 20:17 08/05/2013, de São Paulo, SP


O fracasso que incomodou!!!
Por que será que a 1ª Farofada no granito do Batel incomodou tanto aos bem nascidos, a seus ghost writers da velha mídia e também a certos esquerdistas???

Debaixo de chuva e com muita alegria e irreverência cerca de 200 manifestantes, em sua maioria jovens, realizaram a 1ª Farofada no Granito, na Av. Bispo Dom José, no Batel, o bairro dos riquinhos de Curitiba.

O movimento convocado via redes sociais e divulgado boca-a-boca é o início de um processo de lutas que questiona, de forma irreverente e alegre, coisas sérias tais como o desperdício do dinheiro público, a desigualdade e a injustiça e cobra políticas públicas que respeitem os cidadãos. É um movimento que coloca em debate o tipo de cidades que queremos para nós, nossos filhos e netos. Cidade Para Quê? Cidade para Quem?

Leia mais em O fracasso que incomodou!!! no Blogoosfero.
Enviada por Sérgio Bertoni, às 15:03 06/05/2013, de blogoosfero.cc


Líder da greve de Osasco de 1968 faleceu hoje, 02/05/2013

Enviada por TIE-Brasil, às 23:54 02/05/2013, de Blogoosfero.cc


>>
Próximos eventos

Clique aqui para ver mais notícias.